Aprender outro idioma faz o cérebro crescer, diz estudo

O cérebro é um órgão surpreendente. Ele é responsável por fazer o corpo funcionar bem e possui alta capacidade de reconstrução.

 

Devido a essa capacidade, o ser humano consegue fazer com que algumas áreas cerebrais cresçam através de estímulos neurais quando se aprende algo novo. Agora, um estudo realizado pela Universidade de Lund na Suécia revelou que aprender um novo idioma pode aumentar a massa cinzenta e modificar a formação do cérebro.

 

O estudo foi realizado com 14 alunos da Academia de Intérpretes das Forças Armadas da Suécia, onde eles foram submetidos a uma rotina de 8 horas de estudo para aprender russo e árabe egípcio, que são línguas extremamente difíceis. Após 13 meses estudando esses idiomas, os pesquisadores perceberam que o hipocampo, que é a região responsável pela memória e sentimentos, apresentou um crescimento visível.

Com isso pode-se provar que o cérebro humano ainda não alcançou totalmente o seu potencial. Os pesquisadores também descobriram que pode acontecer o processo ao contrário. O estresse e a falta de estímulos podem resultar na diminuição e até no atrofiamento de certas áreas do cérebro.

 

Portanto, vale ressaltar que a prevenção é o melhor remédio. A prática de exercícios físicos, somada a uma boa alimentação aumenta o nível de serotonina no cérebro, e consequentemente, melhora o humor e diminui o estresse.

[ Diário de Biologia ] [ Fotos: Reprodução / Diário de Biologia ]

Jornal Ciência

SHARE