Estudo causa polêmica ao afirmar que quem nasce de cesariana é “menos inteligente” do que quem nasce de parto normal

Segundo um estudo publicado na revista PLoS ONE , o nascimento vaginal desencadeia a expressão de uma proteína no cérebro dos recém-nascidos que melhora o desenvolvimento e funcionamento do órgão quando na idade adulta.

A pesquisa, feita por cientistas da Escola de Medicina de Yale, também descobriu que a expressão da mesma proteína é prejudicada no cérebro de bebês nascidos por cesarianas.

A equipe de pesquisadores, liderada por Tamas Horvath e David W. Wallace, professor de pesquisa biomédica e presidente do Departamento de Medicina Comparada da Yale School of Medicine, estudou o efeito de partos naturais e cirúrgicos na Proteína 2 de Desacoplamento Mitocondrial (UCP2) em camundongos. A UCP2 é importante para o desenvolvimento adequado dos neurônios e circuitos do hipocampo, uma região do cérebro responsável pela memória de curto e longo prazo, que estão relacionadas à inteligência. A UCP2 também está envolvida no metabolismo celular da gordura, que é um componente-chave para a produção do leite materno, sugerindo que a indução da proteína por nascimento natural pode auxiliar a transição para o aleitamento materno.

Os pesquisadores descobriram que o nascimento natural desencadeou a expressão de UCP2 nos neurônios do hipocampo, algo que só foi reduzido no cérebro de ratos nascidos por cesariana. Quando a UCP2 foi apagada ou inibida quimicamente, foi observada uma interferência na diferenciação de neurônios e circuitos do hipocampo.

Estes resultados revelam um papel potencialmente crítico da UCP2 no desenvolvimento adequado de circuitos cerebrais e comportamentos relacionados“, explicou Horvath. “A crescente prevalência das cesarianas por conveniência, em vez de necessidade médica, pode ter um efeito duradouro no desenvolvimento e função do cérebro também em seres humanos”, afirmou.

[ Diário de Biologia / Yale News ] [ Fotos: Reprodução / Diário de Biologia ]

O post Estudo causa polêmica ao afirmar que quem nasce de cesariana é “menos inteligente” do que quem nasce de parto normal apareceu primeiro em Jornal Ciência.

Jornal Ciência

SHARE