Evite usar a VPN gratuita que o Facebook está promovendo

O Facebook é conhecido por integrar seus diversos produtos — permitindo postar stories do Instagram direto no WhatsApp, por exemplo. Desta vez, a rede social começou a usar seu próprio aplicativo para promover o Onavo Protect, serviço de VPN adquirido em 2013.

Segundo o TechCrunch, o aplicativo do Facebook para iOS ganhou um link chamado “Protect”, que leva o usuário para a página do Onavo Protect na App Store.

Foto por Thomas Ulrich/Pixabay

O Onavo promete avisar usuários sobre sites mal-intencionados, além de manter seguras suas informações, como conta bancária e número de cartão de crédito. Mas talvez seja melhor usar outro serviço de VPN.

A política de privacidade do Onavo avisa que o app “analisa como você usa aplicativos” e “fornece análise de mercado e outros serviços para afiliados e terceiros”. E como falamos por aqui, o Facebook usou essa VPN para coletar dados e enfrentar concorrentes.

Mark Zuckerberg decidiu aumentar o investimento no Instagram Stories após ver — através do Onavo — que o Snapchat não estava mais crescendo tanto quanto antigamente, segundo o Wall Street Journal. O Facebook também apostou em transmissões ao vivo após a VPN detectar o crescimento de plataformas como Meerkat e Periscope.

O Onavo está instalado em mais de 33 milhões de dispositivos, incluindo iOS e Android. Os EUA são atualmente a maior base de usuários do aplicativo, seguido da Índia e do Brasil.

VPNs gratuitas costumam ser problemáticas. A Opera oferece esse serviço de forma gratuita e ilimitada em seus navegadores, mas precisa pagar pelos servidores e pelo tráfego. Assim, seus termos de serviço dizem que os dados gerados pelo usuário, incluindo os endereços que você visitou, podem ser coletados e divulgados para terceiros.

Por sua vez, o Hola vende a conexão dos usuários para fornecer o serviço gratuito. Sua conexão é utilizada por outro cliente, e seu IP é “emprestado”, caso você não pague a mensalidade do Hola Plus.

Se você quiser usar uma VPN, dê uma olhada em alternativas como Private Internet Access ou AnonVPN. Se você quiser uma opção gratuita, experimente o ProtonVPN, que tem diversas proteções para a privacidade dos usuários — mas evite o serviço do Facebook.

Com informações: TechCrunch.

Evite usar a VPN gratuita que o Facebook está promovendo

Retirado de

Powered by WPeMatico

SHARE