Filho de 13 anos diz para a mãe que não precisava dela para sobreviver e como resposta ela escreve carta que chocou a internet

A fase da adolescência, embora seja difícil para os jovens, também é um fardo para os pais, afinal, geralmente ela vem acompanhada de rebeldia e inconsequência. Este foi o caso de uma mãe chamada Estella Havisham, cujo filho é um Youtuber desde os 13 anos de idade.

 

Pelo fato de que o menino já estava ganhava o próprio dinheiro, decidiu assumir sua independência frente à mãe, dizendo que não precisava mais obedecê-la. A mulher então resolveu escrever uma carta ao menino, a quem se referiu como “companheiro de quarto”.

carta-mae-filho

Na carta ela dizia:

 

Querido Aaron. Já que você esqueceu que tem apenas 13 anos, que eu sou sua mãe e que não quer mais ser controlado, acho que precisa de uma lição sobre independência. Além disso, já que você jogou na minha cara que está fazendo seu próprio dinheiro agora, será mais fácil você comprar de volta todos as coisas que eu dei para você no passado. Se você quiser usar a luzes/ abajures ou ter acesso a internet, terá que contribuir com os custos.

Aluguel: $ 430

Eletricidade: $ 116

Internet: $ 21

Comida: $ 150

Aliás, você terá que tirar o lixo às segundas, quartas e sextas-feiras, bem como varrer e aspirar a casa. Você precisará também manter seu banheiro limpo, lavando-o semanalmente. Terá que preparar sua própria comida e limpar a cozinha após isso. Se você falhar em alguma destas tarefas, eu cobrarei uma quantia extra de $ 30 por serviços prestados a cada dia.

Se você decidir que prefere ser meu filho novamente, ao invés de um colega de quarto, poderemos renegociar estes termos.

Com amor, mamãe.

Após a exposição da carta na internet, Aaron aparentemente reconsiderou sua decisão e renegociou os termos de convivência com sua mãe. 

[ Perfeito ] [ Foto: Reprodução / Perfeito ]

O post Filho de 13 anos diz para a mãe que não precisava dela para sobreviver e como resposta ela escreve carta que chocou a internet apareceu primeiro em Jornal Ciência.

Jornal Ciência

SHARE