Fim do petróleo? Até 2022, carros poderão usar gasolina feita de cerveja, diz estudo surpreendente

Químicos da Universidade de Bristol, na Inglaterra, conseguiram utilizar cerveja para criar uma fonte renovável de combustível para substituir a gasolina.

 

Eles verificaram que o etanol presente na bebida poderia ser convertido em butanol por meio de um catalisador. O processo, segundo eles, poderia entrar em produção de larga escala até 2022, sem a necessidade de aprimorar os carros, segundo informações do Daily Mail.

 

O etanol, principal ingrediente das bebidas alcoólicas, já é usado como uma alternativa à gasolina em todo o mundo. No entanto, não é visto como uma substituição ideal, uma vez que tem um menor aproveitamento de energia e por ser bastante corrosivo aos motores.

Mas, os cientistas britânicos descobriram uma nova maneira de aproveitar o etanol de bebidas – particularmente da cerveja – para a criação de um combustível renovável e melhor do que a versão atual do etanol.

 

Em condições laboratoriais, os químicos conseguiram converter o etanol em butanol, que embora seja semelhante ao primeiro, pode ser considerado uma fonte de combustível muito melhor.

 

Um dos grandes benefícios de usar butanol como combustível é que ele pode ser usado em carros atuais sem modificações”, disse o professor Duncan Wass, principal autor do estudo. “Esta é uma substituição rápida para gasolina atual. O etanol seria convertido em butanol em escalas semelhante à indústria petroquímica ou de refinação atual, e então o butanol seria colocado no carro pelo consumidor“, explicou.

O método utilizado pelos pesquisadores transforma o etanol em butanol por meio de um catalisador, um produto químico que acelera uma reação. Atualmente, o processo é capaz de produzir apenas uma pequena quantidade do produto final, insuficiente para encher o tanque de um carro. Logo, precisa ser aprimorado – e os cientistas acreditam que isso poderia acontecer nos próximos cinco anos, se tudo der certo.

 

No momento, a fermentação do trigo é a principal fonte no Reino Unido – daí a ideia da cerveja. Já nos Estados Unidos é o milho”, acrescentou o professor Wass. Embora a cerveja possa ser usada para produzir o combustível, os cientistas ainda não têm planos de “bater de frente” com a indústria de bebidas.

[ Daily Mail ] [ Foto: Reprodução / Wikimedia ]

O post Fim do petróleo? Até 2022, carros poderão usar gasolina feita de cerveja, diz estudo surpreendente apareceu primeiro em Jornal Ciência.

Jornal Ciência

SHARE