Queda de Antonov em Moscou deixa 71 pessoas mortas

Por: www.notibras.com

O avião, como o modelo da foto, caiu logo após decolar

Bartô Granja, Edição

O ministro dos Transportes da Rússia, Maxim Sololov, afirmou que não deve haver sobreviventes do acidente de avião ocorrido neste domingo nos arredores de Moscou. “Julgando por tudo, não há sobreviventes”, disse.

Ele não especificou o número de pessoas a bordo da aeronave An-148 da Saratov Airlines, que caiu pouco depois de decolar. Agências de notícias russas dizem que havia 65 passageiros e seis membros da tripulação no voo.

O avião decolou na tarde deste domingo do aeroporto Internacional Domodedovo, nos arredores de Moscou, com destino a Orsk, na região de Orenburg, próximo à fronteira com o Casaquistão. Caiu minutos depois da decolagem, a cerca de 40 quilômetros de distância do aeroporto.

Segundo o porta-voz do governador regional, Sergei Sheremetsinsky, todos os passageiros são residentes da região de Orenburg.

A agência de notícias Russa Tass informou que o avião que caiu estava em operação desde 2010, com uma parada de dois anos, entre 2015 e 2017, por causa de escassez de peças. A aeronave foi encomendada pela Rossiya Airlines, mas voltou a voar, em fevereiro do ano passado, pela Saratov Airlines.

A aeronave An-148 é um jato regional desenvolvido pela empresa ucraniana Antonov no início dos anos 2000 e era fabricada tanto na Ucrânia como na Rússia.

Notibras

SHARE