SE DEU MAL: Eduardo Cunha teve bens confiscados está cobrando colegas para conseguir dinheiro!

Eduardo Cunha está cobrando os amigos para conseguir dinheiro

De acordo com as informações divulgadas no site Notícias ao Minuto, fontes ligadas a Eduardo Cunha afirmam que, preso e com os bens bloqueados, ele está cobrando dívidas antigas de alguns colegas. O ex-deputado está na sede da Polícia Federal, em Curitiba, desde outubro de 2016, depois de perder o foro privilegiado.

Nessa quinta-feira (30), foi condenado pelo juiz Sérgio Moro, pelos #crimes de corrupção passiva, lavagem de dinheiro e evasão fraudulenta de divisas, a 15 anos e quatro meses de prisão.

Com a decisão, aumentam também as chances de o ex-deputado fechar um acordo de delação premiada. A decisão depende de habeas corpus que será julgado em breve pelo Supremo Tribunal Federal (STF). Caso lhe seja negado o benefício, é bem possível que ele resolva prestar depoimentos à Lava Jato e contar o que sabe.

Cunha é acusado de receber propina de US$ 1,5 milhão em um negócio da Petrobras em Benin, na África.

Com a decisão, aumentam também as chances de o ex-deputado fechar um acordo de delação premiada. A decisão depende de habeas corpus que será julgado em breve pelo Supremo Tribunal Federal (STF). Caso lhe seja negado o benefício, é bem possível que ele resolva prestar depoimentos à Lava Jato e contar o que sabe.

Além desses fatores, após a divulgação da #sentença, advogados do ex-deputado questionaram a rapidez com que Moro julgou o réu. De acordo com a coluna Painel, da Folha de S. Paulo, a defesa alega que, em apenas 43 horas, o juiz conseguiu ler 290 páginas com alegações do réu e da acusação, presidir duas audiências, redigir um despacho e, ainda, a sentença condenatória de 89 folhas.

Segundo o Wikipédia, Eduardo Cosentino da Cunha (Rio de Janeiro, 29 de setembro de 1958) é um economista, radialista e político brasileiro, filiado ao PMDB. Exerceu o cargo de #deputado federal entre fevereiro de 2003 e setembro de 2016, quando teve o mandato cassado pelo plenário da Câmara dos Deputados. Foi presidente dessa Casa de 1º de fevereiro de 2015 até renunciar ao cargo em 7 de julho de 2016. Evangélico, é atualmente membro da igreja Assembleia de Deus, Ministério de Madureira.

Essa matéria foi compartilhada do site Notícias ao Minuto – Link abaixo:

https://www.noticiasaominuto.com.br/politica/366980/preso-e-com-bens-bloqueados-cunha-cobra-dinheiro-a-colegas?utm_source=notification&utm_medium=push&utm_campaign=366980

Pensa Brasil

SHARE