Amazon Brasil “não vai ficar só em livros”, diz executivo

Estou esperando há anos o momento em que a Amazon vai se expandir para além de livros, e-books e Kindles no Brasil — ela estreou por aqui em 2012. Felizmente, a empresa confirma que está de olho em outros setores.

O gerente regional Alex Szapiro diz à Folha que “nós não vamos ficar só em livros”, e menciona que as vagas em aberto na Amazon Brasil dão pistas do que isso quer dizer.

Foto por Noelas/Flickr

107 vagas disponíveis no Brasil, todas em São Paulo. A maioria delas envolve desenvolvedores de software e especialistas em transporte/logística, mas há também posições para gerente de impostos e outros cargos tributários — livros são produtos isentos; mas outros produtos, não.

Também há vagas para o Amazon AWS, serviço de computação na nuvem presente no Brasil desde 2011 — mas torço que a expansão da empresa não siga apenas por esse rumo. “Nós usávamos quatro andares [do prédio onde é a sede em São Paulo], e vamos precisar de mais dois”, Szapiro afirma à Folha.

A revista Exame disse em maio que a Amazon vai comercializar produtos do setor de eletrônicos, informática, telefonia e moda. No entanto, será no modelo de marketplace, intermediando produtos de outros vendedores.

Desde abril, a Amazon vende livros usados via marketplace no Brasil, vindos de editoras, sebos e pessoas físicas. Isso aumentou o catálogo de 150 mil para 300 mil obras em português.

Com informações: Folha.

Amazon Brasil “não vai ficar só em livros”, diz executivo


Tecnoblog

SHARE