Eduardo Costa faz apologia ao racismo na WEB, entenda…


Eduardo-Costa-faz-apologia-ao-racismo-na-WEB

O cantor #Eduardo Costa tem gerado uma grande  polêmica  nas #redes sociais apoós um poste que publicou  em seu

#instagram  na terça feira (6) que tem gerado uma grande repercussão entre seus seguidores .

Ele que é um grande compositor de hits de sucesso como “Amor de Violeiro”, “Enamorado””Sou Seu Fã Nº 1” e “Pronto Falei”.

“Você definiu tudo na seguinte frase: racismo pra mim não está na boca de quem fala, está na boca de quem entende”, defendeu

Tentando fazer uma homagem para um trabalhador da Fazenda Salgada , de sua propriedade , acabou gerando polêmica

ao ato de racismo indagado por ele no comentário da legenda da foto postada onde ele chama seu amigo de ‘#”Crioulo” ”Tiziu‘,comentário este que deixou os seguidores revoltados pois saiu como um racismo da parte do cantor para as pessoas

negras e de classe social baixa que trabalham em fazendas .

O cantor preservou o nome do senhor da foto cuja os comentários foi  de baixo calão  como ”#Negão” ,” crioulo ”, ”mussun ” ,

” preto feio ”,”tiziu.

Eduardo Costa faz apologia ao racismo na WEB, entenda…


Eduardo-Costa-faz-apologia-ao-racismo-na-WEB

Mas o cantor Eduardo Costa após todas as criticas fez questão de ressaltar que apenas chamou o rapaz da foto assim como

um ato de brincadeira entre os dois pois o homem da foto tem a liberdade de chama -lo de ” #nanico ” , ”#alpista de cupin”, ”

#pintor ‘de rodapé’, e outras coisas a mais.

Eduardo ressalta que o rapaz da foto é para ele como um pai o que lhe dá total liberdade de chama -lo de  negão e qualquer

outro apelido, para Eduardo o fato de apelidar uma pessoa amada não é um ato de racismo pois o racismo acontece na forma

como cada um interpreta e está no #coração e na alma de quem o recebe e não na boca de quem pronuncia.

Os internautas não se mostraram  satisfeito com a forma que o cantor falou  afirmando que o #preconceito foi usado

duas vezes na legenda ,tanto em relação a cor  como em relação a estrutura .Um seguidor fez questão de dizer que

pessoas como Eduardo Costa são os primeiros a ver diferença na cor da #pele.

Eduardo Costa faz apologia ao racismo na WEB, entenda…


Eduardo-Costa-faz-apologia-ao-racismo-na-WEB

“Quando ele comprar um pote de tinta preta, jogar por todo o corpo e sair pelas ruas ele vem falar que o racismo

tá no ouvido de quem entende! #SabeNemOQueTáFalando #NemNegroÉ“, afirmou outra pessoa.

Uma fã elogio o cantor pelo o ato dizendo também ter sofrido racismo mais que ela é  branca e  também sofreu

preconceitos,mais que hoje sente saudade do que chamavam ela como “de branca azeda , macarrão da Santa casa, loira burra”.

Eduardo costa está feliz pois acredita que a legenda pronunciada por ele não interferiu em seu amor pelo seu amigo.

Pensa Brasil – Em busca da notícia

SHARE