Governo recepciona estudantes do ‘Cidadão do Mundo’ que retornaram da Argentina

O secretário Jhonatan Almada e a coordenadora do Cidadão do Mundo, Fabiana Moura, recepcionaram parte do grupo que esteve na Argentina. Foto: Divulgação

O secretário Jhonatan Almada e a coordenadora do Cidadão do Mundo, Fabiana Moura, recepcionaram parte do grupo que esteve na Argentina. Foto: Divulgação

A primeira turma de estudantes da rede pública do programa ‘Cidadão do Mundo’ do Governo do Maranhão a retornar ao Brasil foi recepcionada, na tarde de sábado (30), no Aeroporto Internacional de São Luís – Marechal Hugo da Cunha Machado. O grupo, composto por 17 estudantes de espanhol, estava em Buenos Aires, na Argentina, onde permaneceu por cerca de três meses. Os estudantes foram recebidos pelo secretário de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação, Jhonatan Almada, pela coordenadora do programa, Fabiana Moura, por amigos e familiares.

“Tudo isto é motivo de muita felicidade para mim, mas especialmente para o Governo do Maranhão, porque conseguimos ser bem-sucedidos nessa primeira etapa do ‘Cidadão do Mundo’. Isto mostra que o governo está no caminho certo ao investir prioritariamente na área de educação”, comentou Jhonatan Almada.

Em seu reencontro com amigos e familiares, o grupo manifestou grande alegria e satisfação com o programa. Eles esperam que, por causa de sua bem-sucedida participação, outros jovens se inscrevam o quanto antes e participem do ‘Cidadão do Mundo’. “Uma experiência incrível que vai contribuir para minha vida e que superou todas as expectativas. Adorei fazer este intercâmbio. É uma porta que se abriu e que enriqueceu meu conhecimento”, declarou Suevylla Bianca ao retornar da Argentina.

Opinião parecida tem Bruno Saldanha, que também está de volta ao Brasil. Ele pede aos outros jovens que aproveitem o ‘Cidadã do Mundo’. “Além de sério, o programa abre muitas portas, possibilita o contato com nova cultura e o conhecimento de outra língua”.

A partir de agora os jovens terão 30 dias para apresentar relatórios contando como foi a experiência em outro país. O grupo terá 30 horas em escolas públicas de ensino médio para apresentar a sua vivência. O objetivo é motivar outros estudantes a participarem do ‘Cidadão do Mundo’.

O secretário Jhonatan Almada afirmou que o compromisso imediato do grupo é um encontro com o governador, o que deve ocorrer nesta semana. “Os relatórios, por meio dos quais contam suas experiências, serão transformados em um livro”, disse.

A próxima turma a retornar ao Brasil é o grupo do francês, que está em Montpellier, na França. O desembarque no Aeroporto Internacional de São Luís está previsto para o próximo sábado (6), às 14h30.

Inscrição
O programa ‘Cidadão do Mundo’ está em sua segunda edição. Por meio dele, o Governo do Maranhão envia estudantes para estudar fora do Brasil. O intercâmbio internacional é para jovens egressos da rede pública de ensino com idade entre 18 e 24 anos e que estejam frequentando uma instituição de ensino superior há pelo menos um ano. Após selecionado, o jovem participa de um intensivo e, em seguida, é enviado ao país de origem da língua que ele escolheu (espanhol, francês e inglês). A permanência no exterior, com todas as despesas pagas pelo Governo do Maranhão, é de cerca de três meses.

Novas turmas estão sendo formadas. Interessados em fazer parte do próximo grupo têm até o dia 12 de agosto para se inscrever. Para o ano de 2017, a oferta é de 70 vagas. São dez para francês, 30 para inglês e 30 para espanhol. Serão selecionados 120 candidatos para concorrer às vagas de inglês, 120 candidatos para concorrer às de espanhol e 60 candidatos para concorrer às dez vagas de francês. As inscrições devem ser feitas no site da Secti, no endereço www.secti.ma.gov.br.

Governo do Estado do Maranhão

SHARE